terça-feira, 8 de dezembro de 2009

O Amor...




Além da Terra, além do Céu,
no trampolim do sem-fim das estrelas,
no rastro dos astros,
na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
vamos conjugar
o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente, acima das gramáticas
e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempreamar,
o verbo pluriamar,
razão de ser e de viver.

- Carlos Drummond de Andrade -

É curtinho mais é intenso, de palavras verdadeiras... É necessário deixar que o verbo do amor nos tome por completo, o amor nos deixa mais leves e sensíveis, nos faz enxergar a vida colorida e assim nos tornarmos pessoas coloridas.

Ame sem medo, se doe a esse sentimento completamente... Deixe seu coração declarar esse amor!!!

Isso vai ser muito bom!!

Beijinhos coloridos!!!

Um comentário:

MÁRCIA DE OXALÁ disse...

Nossa amyghannnnn mt lindo... a simplicidade das palavras e a ternura... é pra eternidade... bjssss